terça-feira, 21 de novembro de 2017

CUIDADOS COM AS ORQUÍDEAS NO VERÃO

COM A CHEGADA DO VERÃO NOSSAS ORQUÍDEAS PRECISAM QUE REDOBREMOS OS CUIDADOS COM ELAS.


O verão costuma castigar e desidratar muito as orquídeas de um modo geral, por isso atenção redobrada nesta estação.

Como nem todo mundo tem um orquidário, com as telas de sombreamento as orquídeas ficam mais vulneráveis nesta estação do ano com altas temperaturas e diminuição da umidade do ar, o que dificulta o desenvolvimento da planta.

Enquanto no frio a maioria das plantas estão em um período de dormência, no calor as plantas tornam-se muito mais ativas e tendem a apresentar novos brotos e flores.

Além do calor, temos que ter em mente que outros parâmetros mudam e influenciam o cultivo. Os dias mais longos, o ar mais seco, aquelas chuvas rápidas de verão e as noites mais quentes fazem com que o cuidado seja diferenciado.

No caso de temperaturas muito altas as folhas ficarão amarelas ou pretas devido a sinais de queimadura.
Além disso folhas ainda podem ficar com as pontas de cor castanha e secas, também pode ocorrer quedas de folhas ou aparecer folhas deformadas. Se o calor for muito forte as orquídeas podem simplesmente não aguentar, portanto cuidado e atenção no verão e em dias muito quentes.

Com o desenvolvimento de brotos e folhas, a necessidade de água aumenta. Com aumento de temperatura e a exposição prolongada à luz solar, as plantas aumentarão a fotossíntese, transformando nutrientes e perdendo mais água pelas folhas. Logo, as regas tornam-se mais frequentes. Entretanto, o cuidado com o substrato é o mesmo, ou seja, nada de encharcá-lo, evitando assim o apodrecimento de raízes e o aparecimento de doenças. No verão, com o calor ainda mais intenso, os cuidados devem ser ainda maiores.

Assim como o consumo de água aumenta, o consumo de nutrientes também, porém cuidado com o excesso!

Ainda na primavera, aproveite para reenvasar aquelas que necessitam de uma nova morada. Em teoria, é melhor época para isto. exemplar está exigindo um vaso maior, mude-o no início do verão. 

DICAS:

1 - Hidrate mais a sua planta em dias de altas temperaturas. Regue de preferência antes de amanhecer ou antes do pôr-do-sol. Ao regar, borrife as plantas que podem receber água nas folhas, e apenas na base do vaso as da espécie Phalaenopsis que não pode receber água nas folhas porque acumula e em seguida a folha cai. Seja qual for a sua espécie orquídea regue moderadamente, as orquídeas detestam água acumulada no vaso.

2 - Faça adubação em dias amenos, ou no final da tarde, principalmente em plantas em que a adubação é feita nas folhas. Isto porque a luz solar e o calor do ambiente, em ação como o adubo, podem “queimar” as folhas e flores.

3 - A orquídea precisa de sol para florir, mas a radiação solar direta, ainda mais nesse calorão, pode queimar as folhas. Proteja as janelas se sua planta fica dentro de casa, para ajudar a evitar essas queimaduras e manter a hidratação por mais tempo. Se fica em uma área externa, cuide para que ela esteja pelo menos em lugar coberto.

4 - Use e abuse de bandejas umidificadoras, fontes, recipientes com água ( cuidados com o mosquito da dengue), molhe o chão do local.
Fonte que uso

Bandeja umidificadora

5 - Somente faça replantes, caso seja necessário.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *