sábado, 12 de novembro de 2016

CULTIVO NATURAL - Suas orquídeas agradecem

QUANTO MAIS NATURAL MELHOR

Para termos orquídeas saudáveis é necessário adquirirmos sempre plantas saudáveis e com boa procedência, assim não colocamos em risco nossa coleção.

Mantenha sempre um espaçamento entre as plantas ( geralmente de 1 palmo). Isso favorece a ventilação e elimina possível competição entre elas.
DICA: plantas penduradas tem menos estresse.

Foto/Cultivo: Maria Elizabeth

Evite muito calor e umidade excessiva, o que favorece ao aparecimento de fungos e bactérias.
DICA: opte por bandejas com pedras dentro e água ( abaixo do nível das pedras, assim evitamos a criação de mosquitos) espalhadas pelo local de cultivo - Isso aumenta a umidade local em dia quentes. Eu uso uma fonte para elevar a umidade do ar.


Foto/Cultivo: Maria Elizabeth

Foto/Cultivo: Maria Elizabeth

Controle a iluminação do orquidário. Isso irá depender do local em que se esta cultivando.
A luminosidade é um fator importante na saúde das orquídeas, que geralmente não toleram exposição direta ao sol. Em regras gerais, orquídeas se adaptam bem na chamada meia-sombra: embaixo de árvores, sob ripados de madeira ou mesmo na varanda ou janela de um apartamento em que não incida sol direto.
DICA: ao dispor suas plantas, coloque da menor para a maior, de acordo com a incidência dos raios solares, assim as maiores não farão sombra para as menores.

Foto/Cultivo: Sergio Oyama

Evite o emprego indiscriminado de agrotóxicos, pois favorecem o desequilíbrio do meio ambiente. Opte sempre que possível por receitas naturais.

Faça uma observação diárias em suas plantas. Além de ser prazeroso, possibilita a identificação rápida de pragas e doenças, facilitando seu controle.

Use sempre o bom senso e não receitas milagrosas!

Cultivar orquídeas é paciência e amor!

Foto/Cultivo: Angulo clowesii - Tai Rodrigues






Nenhum comentário:

VISUALIZAÇÕES DO BLOG