ANGRAECUM

ORQUÍDEA ANGRAECUM A ORQUÍDEA COMETA

Angraecum sesquipedale

Com cerca de 200 espécies, esta orquídea é monopodial e na sua maioria epífitas, algumas rupícolas. 


Angraecum eburneum

Flores de longa duração, racemosas ( em cachos) que crescem a partir das bases das folhas, suas flores na maioria são brancas, alguns amarelos ou verdes.

Nas flores todos tem um longo esporão na parte de trás do labelo.

Angraecum germinyanum

Sempre à noite é o momento que exala seu perfume, sendo esse um dos motivos de não ter cor, ele não precisa para atrair seu polinizador.

Angraecum elephantinum


Várias espécies de Angraecum têm sido utilizados na África para tratar a inflamações, hemoptise (tosse com sangue) e úlceras, além de cultos religiosos mistificando  o gênero dessa orquídea.
Muitas espécies estão em risco de extinção na Natureza.
Essa espécie aprecia o clima quente, úmido e bem ventilado na primavera e verão e um descanso mais seco e fresco no inverno. Mantenha seu vaso em local de muita luminosidade, mas sem sol direto. O melhor substrato é a mistura de casca de pinus com carvão.
Por ser uma orquídea de crescimento lento, evite o transplante frequente, e quando o fizer, dê atenção especial às raízes para não parti-las, pois ela demorá meses para se recuperar. A época ideal de replantio é na primavera.

Características da planta:

Haste floral: varia de acordo com a espécie
Altura da planta: pode chegar a 40 cm de largura e 90 cm de altura
Época de floração: variável, conforme espécie, podendo algumas florirem no inverno
Duração da for: de 15 a 25 dias
Sombreamento: 50%
Substrato: Misto contendo carvão e casca de pinus







Nenhum comentário: